Edição de Novembro de 2016.


Tecnologia

Marília recebe reconhecimento de APL em TI



O município de Marília obteve reconhecimento pelo Governo do Estado de São Paulo como polo de Tecnologia da Informação que inclui a cidade na Rede Paulista de APL (Arranjos Produtivos Locais) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. O evento de lançamento da APL aconteceu no auditório ShunjiNishimura, no Univem e reuniu empresários do setor, associados da Asserti (Associação das Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação), autoridades e convidados. 
Agora Marília está oficialmente no radar paulista e nacional da Tecnologia da Informação, o que deve atrair novos investimentos para o setor em toda região. APL são concentrações de empresas que atuem em atividades similares ou relacionadas e que cooperem entre si e com outras entidades públicas e privadas. 
A elaboração do projeto de solicitação do credenciamento da APL foi realizada pela Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e protocolada na Coordenadoria de Desenvolvimento Regional e Territorial do Governo do Estado em 25 de agosto de 2016. Em 06 de setembro, o Governo do Estado divulgou o credenciamento do APL TI Marília que a partir de agora, a Asserti passa a ser a entidade gestora que exerce a governança do APL.
Para o reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, a instalação da APL TI eleva Marília ao patamar produtivo dos municípios paulistas. “Louvo aqui o pioneirismo da Asserti. A cada passo dado estamos mais próximos do tão sonhado parque tecnológico” disse o reitor. 
Na solenidade de lançamento da APL, o professor doutor Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Informática do Univem e presidente da Asserti, fez uma palestra sobre a APL e destacou a importância da iniciativa e os impactos econômicos para Marília e região. “Em todo Estado somente cinco cidades têm APL de TI (Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos, São José do Rio Preto e agora Marília)”, disse.
Elvis Fusco explicou que na região atendida pela Asserti são cerca de 200 empresas de TI e no primeiro semestre de 2016 houve um crescimento de 9% na receita das empresas e o setor continua empregando. 
Entre os benefícios que a APL traz para as empresas está o financiamento de projetos estratégicos.Outra vantagem é incentivar a troca de informações entre as próprias empresas, com as entidades de classe, governos e instituições de ensino e pesquisa
“Nosso trabalho agora será identificar os projetos que temos para região, no que nossas empresas podem melhorar. Vamos inaugurar em breve o espaço de coworking em uma área de 300 metros quadrados para hospedar ideias inovadoras”, disse Elvis Fusco. 
O APL TI Marília é composto por empresas atuantes no ramo de Tecnologia da Informação, por instituições de ensino públicas e privadas, por entidades sem fins lucrativos, associações de classe, comunidades científicas, órgãos de fomento e órgãos públicos, localizados em Marília e cidades vizinhas, todos trabalhando em parceria para crescimento e desenvolvimento empresarial, social e econômico da região do centro-oeste paulista. São mais de 200 empresas gerando mais de 2.500 empregos diretos e indiretos em mais de 13 cidades da região.



Divulgação



PROCESSOS GERENCIAIS
Jogos de Empresas simula técnicas de negociação
Direito
33ª Semana Jurídica discute crise, violência e Código Civil
DIREITO
Alunos participam de audiências simuladas
CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO
IV Semana do Conhecimento aborda variados temas
ESPECIALIZAÇÃO
Primeira docente mulher a se qualificar como pós-doutora do Univem

Artigos desta edição

Divulgação


UNIVEM - Centro Universitário Eurípides de Marília
O Jornal do UNIVEM - está aberto para sugestões e matérias. Os textos assinados podem ou não corresponder à opinião do jornal.
[ Edições anteriores ] - Contato via e-mail: fundacao@univem.edu.br